Febre amarela e os cuidados que devemos ter

Febre amarela, assombração nos nossos dias

A Febre amarela está ai pessoal, mais uma assombração nas nossas vidas, embora comentando com a minha mulher considerar grande parte da culpa está em nós mesmo (população), afinal os meios de comunicação vem divulgando desde a Dengue, Zika, Chikungunya e até aqui mesmo no blog o que devemos fazer para combater e se precaver, mas parece que a lição ainda não aprendemos, claro que os nossos governantes também tem sua parcela de culpa, porém isso não tira a nossa, concordam? Então vamos saber um pouco sobre febre amarela.
Febre-amarela
Sintomas:
A febre amarela se trata de uma  doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores e em grande parte não ocorre sintomas ou quando ocorre são muito fracos. 

Os primeiros sinais da febre amarela aparecem de repente como. 
  • Febre alta.
  • Calafrios.
  • Cansaço.
  • Dor de cabeça.
  • Dor muscular.
  • Náuseas e vômitos por cerca de três dias. 
A febre amarela mais grave (rara). 
Geralmente aparece após rápido período de bem-estar (até dois dias), podendo ocorrer:
  • Insuficiências hepática e renal. 
  • Icterícia (olhos e pele amarelados).
  • Manifestações hemorrágicas. 
  • Cansaço intenso. 
Na maioria dos casos o paciente com febre amarela se recupera bem e fica imune para o resto da vida contra a febre amarela.
Transmissão:
A febre amarela se verifica nas Américas do Sul e Central, alguns países da África.

O mosquito da febre amarela transmite em áreas urbanas ou silvestres com a mesma manifestação na sua transmissão por terem vírus e evolução clínica iguais somente tendo diferença de quem transmite.
  • Ciclo silvestre (áreas florestais), é principalmente o mosquito Haemagogus. 
  • Meio urbano o mosquito Aedes aegypti, aquele mesmo da Dengue, Zika, Chikungunya . 
A infecção por febre amarela acontece para quem nunca teve ou se tomou a vacina anda pelas áreas florestais e o mosquito infectado da uma picada. 

A pessoa com febre amarela pode transmitir o vírus para o Aedes aegypti no meio urbano e os macacos podem desenvolver a febre amarela silvestre de forma não aparente, mas com a quantidade de vírus suficiente infectando os mosquitos, já diretamente de uma pessoa para outra pessoa não transmite.
Prevenção:
Transmissão urbana da febre amarela só por picada de mosquitos Aedes aegypti, logo a sua prevenção é evitar sua disseminação, ou seja, a mesma prevenção que devemos ter quanto a Dengue, Zika, Chikungunya que é de não deixar água parada para o mosquito Aedes aegypti reproduzir, além é claro de uma vacinação contra a febre amarela uso de repelente de insetos, mosquiteiros e roupas que cubram todo o corpo.

Atenção: Nunca esqueça de procurar o médico seja para quaisquer tipos de sintomas, pois só ele é capaz de indicar o procedimento correto, e com a saúde não se brinca.

Pois é pessoal, já não basta Dengue, Zika, Chikungunya e agora a febre amarela, mas parte dessa culpa temos que assumir por descuido e a forma de prevenção já foi tantas vezes ditas nos meios de comunicação, porém parece que ainda não tomamos consciência definitiva que devemos nos precaver começando na eliminação de águas paradas.

Abraços e Beijos.

Blog-Rio-Sul


Comentários

  1. Muito informativo seu artigo, aqui em Brasília sempre estamos tendo campanha de vacinação, mas acredito que tbm é de extrema importância os cuidados para evitar, realmente sinto que o descuido da população é grande!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, muito bom,
    Ainda mais, agora, que estamos tendo tantos casos de Febre amarela..

    ResponderExcluir
  3. Interessante o post.
    Temos ficar atentos, Minas está com um problema mais sério. Já fui vacinada contra a febre amarela, mas acredito que seja necessário um reforço.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Nossa, as pessoas acham que e uma doença do passado.. mas, infelizmente está tendo um surto nas atualidade. Prevenção é o mais importante
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Rafa super importantes as informações, não podemos brincar com a febre amarela, se não cuidarmos pode até correr risco de vida, mas o problema é que grande parte da população não se interessa em se cuidar, e não podemos nos descuidar, Rafa bjs.

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente a febre amarela tem sido espalhada por todo país e não somente nas áreas de riscos comuns que já sabemos. Porém, a rede pública de saúde não está disponibilizando a vacina a todos, apenas para quem for viajar para as áreas consideradas de risco. Ou seja....oremos!

    ResponderExcluir
  7. O assunto de febre amarela está tao em alta que é sempre bom e muito útil ler posts assim. A questao da vacina está sendo falada em todos os jornais e todos estao com medo que se alastre pelo país.
    Adorei o post e a abordagem!

    ResponderExcluir
  8. oi
    Parabéns pelo post é muito informativo.
    A febre amarela é muito perigosa e já fez vitimas, temos que tomar muito cuidado.Prevenir agora é a melhor solução, quem tiver em aras de risco deve se vacinar.
    bjo

    ResponderExcluir
  9. Post bem informativo, temos de estar sempre em alerta. A febre amarela é algo que nos faz pensar mais na Africa e afins, mas hoje em dia temos de estar sempre em alerta.

    *seguindo o blog*

    O meu blogFanPageInstagramTwitterCanal no Youtube

    ResponderExcluir
  10. Post super informativo e importante! Na verdade a mídia tem orientado e conscientizado a todos.Não é possível que um mosquito possa ser tão mais forte que uma humano! Tudo depende de cada um, de colocar em prática mesmo toda prevenção, que é muito simples né? ótimo post!

    ResponderExcluir
  11. todo cuidado é pouco em adorei o post

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Adorei o post, é sempre bom ficar de olho se sentir alguns desses sintomas né, tem pessoas que não sabem, e achei muito legal você trazer ao seu blog.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  13. Nosso país está precisando de uma grande revisão, aliás as pessoas estão precisando mudar seu modo de viver, pois só vacinas não vai mudar esse quandro ...
    Gostei do post Rafa, é bom estarmos atentos aos sintomas para não haver diagnóstico errado!
    Bjs ❤
    Minda

    ResponderExcluir
  14. Sabe qual eu acho que é o grande problema disso tudo? Os vizinhos sem noção, por exemplo, aqui em casa mantemos tudo organizado como deve ser e sei que a maioria dos vizinhos faz a mesma coisa, mas tem um (um único bendito) que não está nem aí e o quintal dele é uma área mega chamativa para criação desses mosquitos. Já denunciamos, já reclamamos e continua igual. Então acho que todos devem fazer sua parte para dar certo.

    ResponderExcluir
  15. Realmente a muita gente sem noção, que não estão nem aí para o bem comum. Realmente devemos seguir suas dicas para nos prevenir sempre.

    alana zoz

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?
    Primeiramente parabéns pelo post.
    Amei a sua postagem.
    Qualquer aviso é bem vindo e todo cuidado é pouco contra doenças como essa.

    ResponderExcluir
  17. Tá bem complicado esse surto né? Eu sou de BH e ta tenso. Eu já tomei as vacinas mas ainda assim fico preocupada com o tamanho do estrago que isso pode causar. Muito bom vc fazer esse post.

    ResponderExcluir
  18. Interessante, muito bom o post, para eu ficar atenta, pois muita das vezes até esqueço disso. :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas