Alergias e principais doenças

Alergias, você sabe as principais doenças?

Alergias, foi o que uma amiga me contou da sua preocupação com a filhinha dela que está com algumas alergias, isso me deixou também chateado pessoal que resolvi saber mais, pois já tinha ouvido falar que nesse período de inverno algumas podem aparecer, saber sobre alergias e principais doenças dessa estação (inverno) já é uma forma de nos prevenir, sem esquecer é claro de sempre procurar um médico especialista.

Pelo que entendi do meu primo que é médico, as alergias muitas vezes tem como causa genética e uma definição para elas (alergias) seria quando o nosso organismo reage de forma excessiva com alguma substância estranha a ele, no inverno por exemplo podemos constatar as alergias respiratórias que tem como sintomas a tosse, coriza, coceiras na garganta, olhos e pele (grande parte das vezes).
Alergias-prevenção
Existe uma variedade de causas para as alergias que podem vir dos alimentos, tecidos, poeira, mofo e outras mais, sendo os mais comuns no inverno o mofo, poeira e a sua prevenção vai em procurar saber o que pode ter causado, indo a um médico especialista ele nos mostrará os procedimentos a serem tomados com relação a medicamentos, além de claro sermos afastados do agente causador das alergias.

Como sou mesmo um perguntador pessoal tentei saber mais com o meu primo (médico) quais são as alergias e principais doenças, afinal tem épocas que enfrentamos um friozinho, principalmente na aproximação do inverno, saber um pouco do assunto é sempre bom como forma de prevenção e de como proceder caso venha aparecer as alergias.

Asma 
  • Congestiona os brônquios.
  • Impedi ar chegar aos pulmões.
  • Causada diversas.  
  • Mais ou menos 10% da população brasileira tem asma, sendo mais as crianças.
  • Ocorre falta de ar.
  • Faz uma espécie de "chiado" na respiração.
Bronquite 
  • Uma reação inflamatória dos brônquios. 
  • Não deixa o ar de chegar aos pulmões.
  • Apresenta, catarro, tosse seca e com chiado. 
  • Quando agrava, tosse com escarros. 
  • Dor atrás do osso do peito e fadiga. 
  • Mal-estar geral e febre.
Faringite 
  • Inflamação da faringe.
  • Ter como primeiro sintoma um simples resfriado. Uma virose com o nome de mononucleose (mais grave), mais comum em crianças.
  • Tem como sintomas as chamadas "garganta arranhada".
  • Febre, pus na garganta, dor de ouvido.
  •  Dificuldade para engolir.
Gripe
  • Muito contagiosa.
  • Ocorre nas vias respiratórias (nariz, garganta e pulmões).
  • Causada por vírus (Influenza).
  • Os sintomas podem ser febre alta, dores musculares e articulares, dores de cabeça e inflamação dos olhos.
Laringite
  • Inflamação da laringe.
  • Pode aparecer sozinha.
  • Pode ser um sintoma de bronquite.
  • Pneumonia e de outras infecções respiratórias.
  • Tem como sintomas não causar muita dor.
  • Provoca rouquidão com tosse seca. 
  • Na maioria das vezes a voz vai enfraquecendo ao longo do dia.
Meningite
  • Uma inflamação das "leptomeninges" (membranas que recobrem o cérebro e a medula espinhal). 
  • Causas diversas causas.
  • Uma infecção gravíssima.
  • Acompanhamento médico permanente.
  • Febre alta, pescoço enrijecido, náuseas e dores de cabeça, são os seus sintomas.
Pneumonia
  • Infecção aguda 
  • Pode atingir os pulmões inteiros ou em partes. 
  • Algumas pioram bruscamente e tem que hospitalizar para tratamento com antibióticos, oxigênio e líquidos endovenosos.
  • Fazem parte dos seus sintomas a tosse com escarro, a dor no tórax, a febre alta, os calafrios, o suor e a palidez. 
  • Maior a área dos pulmões afetada, mais fortes serão os sintomas.
Resfriado
  • Infecção branda vias aéreas superiores (nariz e garganta). 
  • Não existe remédio, apenas amenizar os sintomas. 
  • Quando não complicar, passa sozinho.
  • Coriza, espirros e febre baixa são os seus sintomas.
Rinite
  • Inflamação não contagiosa das mucosas do nariz. 
  • Surge de maneira recorrente.
  • Atinge cerca de 30% da população. 
  • Quase sempre é causada por alergias.
  • Reações à fumaça e outros agentes ambientais.
  • Nariz escorrendo, coceira nos olhos, no nariz e na boca, espirros, um pouco de febre (as vezes), são seus sintomas.
Sinusite
  • Inflamação não-contagiosa da parte interna dos seios da face.
  • Repete de forma recorrente (na maioria das vezes).
  • Nariz entupido, dor de cabeça, febre, tontura e mal estar.
Atenção: Sempre procuro agir dessa forma em quaisquer tipo de doença, seja qual for a sua intensidade, considero muito importante procurar um médico ou um especialista da área, pois somente eles podem aplicar o procedimento correto e nesse caso foi o que a minha amiga fez quando levou a sua filhinha com alergias para se consultar com um especialista.

A conversa que tive com a minha amiga sobre a filhinha dela me deixou tão impressionado que fui até ao meu primo que é médico entender um pouco mais sobre alergias e principais doenças, onde soube que no período de outono e inverno esses tipos de doenças respiratórias são mais frequentes. O que vocês pensam sobre isso, há caso que vocês conheçam de amigos ou parentes com alergias
Abraços e Beijos.

Blog-Rio-Sul


Comentários

  1. Que post interessante e útil, Raphael... Aliás, voce não tem um blog por ter, mas sim, para interagir e informar.

    De facto, no final do outono ou início do inverno, tal como na Primavera, as alergias surgem, quase sempre, e as crianças, idosos e pessoas com doenças crónicas são os mais afetados.

    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  2. Eu penso que quando chega as alergias temos que ficar atentos, ir logo para o médico, as alergias se não forem tratadas podem virar até um caso sério para a saúde, ótimo o post com informações importantes, Rafael abraços.

    ResponderExcluir
  3. É... pelo que tenho visto, a alergia so tem aumentado na vida das pessoas, principalmente devido a tantos carros, construções, variações climáticas e por aí vai.
    Sempre é bom tentar manter pelo menos nosso loca de descanso limpo e arejado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Com esse tempo seco e com as queimadas, vem as complicações de saúde, principalmente em crianças e idosos. Gostei muito da sua postagem.

    ResponderExcluir
  5. Nossa Rafa,a alergia é algo tão difícil de lidar. Minhas filhas tinham quando bebê,a mais nova tinha no intestino ficou internada para fazer exames,depois descobriram que ela ñ podia comer e nem usar nada da cor verde,foi um tormento,sem falar,da poeira,cheiro de mofo, e eu tenho alergia a perfume e a baton, porém descobrir tbm que posso usar os da avon aí melhorou bastante, porque os outros eu usava só de vez em quando e agora eu posso usar um baton para chamar de meu...
    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Aqui em casa a alergia geral é rinite, no mais só eu tenho uma diferente mas é de cunho emocional ... Foi complicado lidar com filhos alérgicos, tudo fazia mal, e sempre regado a febres altíssimas, mas graças a Deus após os 6 anos de idade foi melhorando, eles ainda tem, mas agora em grau muito menor ...
    É preciso termos cuidados especiais dentro de casa ...
    Gostei muito do post e dos esclarecimentos Rafa!

    Bjos
    Minda ❤ 😍

    ResponderExcluir
  7. Muito complicado as alergias minha filha tem
    e quando ataca vem com tudo,
    o tempo muitas vezes não ajuda ai já viu

    ResponderExcluir
  8. Oii,

    Muito bacana o seu post.
    E realmente, no inverno, as alergias são as piores inimigas para quem é alérgico. Minha irmã tem rinite e sempre vejo como o inverno pode ser ruim para ela.

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bem? Alergias realmente precisam de cuidado, ainda mais nos dias frios. Há pessoas que são mais fortes, no entanto aquelas mais frágeis precisam de maiores cuidados. Durante o inverno já tive gripe mas já passou. Ótimo post. Beijos, Érika =]

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho urticaria e é um inferno com conviver com ela, ja tomei tanto tipo de remédio para ver qual meu organismo aceitava que hoje tenho pavor de remédios! se me dê uma dor de cabeça prefiro me deitar no escuro no silencio do que tomar remédio. foi um excelente post! bjúús

    ResponderExcluir
  11. Olá tudo bom com você?
    Desejo uma boa noite
    E realmente temos que fica em estado de atenção porque ultimamente está doenças alérgicas ten afetado muitas pessoas vejo muito se queixando desta alegias citadas acima temos que nos cuida bem e pra variar este tempo ajuda bastante a ter contato com estas alegias vamos nos se cuida belo post até mas

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas