15/11/2015

Paulo Coelho, livro Brida

Gostei desse texto de Paulo Coelho do livro Brida.

Esse post é sobre um texto do livro Brida de Paulo Coelho, por ver muita violência, discussões, nas redes sociais e não entender o porque dessas opções ao postar, compartilhar, curtir esses assuntos, resolvi fazer justamente ao contrário, pois acredito que falar de amor é sempre mais fácil e melhor.

Paulo Coelho

Paulo Coelho, livro Brida (texto).

O Mago estendeu a mão para Brida, e entregou-lhe uma flor.
- Quando nos conhecemos – e parece que eu sempre conheci você, porque não consigo lembrar como era o mundo antes – mostrei-lhe a Noite Escura. 

Queria ver como você enfrentava seus próprios limites. Já sabia que estava diante da minha outra parte, e esta outra parte ia me ensinar tudo que eu precisava aprender – foi para isto que DEUS dividiu o homem e a mulher (...).

- As pessoas dão flores de presente, porque nas flores está o verdadeiro sentido do amor. Quem tentar possuir uma flor, verá a sua beleza murchando. 

Mas quem apenas olhar uma flor num campo permanecerá para sempre com ela. Porque ela combina com a tarde, com o pôr-do-sol cheiro de terra molhada e com as nuvens no horizonte (...).

O Mago tornou a pegá-la e devolveu para a floresta. Os olhos de Brida encheram-se de lágrimas. Tinha orgulho de sua Outra Parte.

- Isto a floresta me ensinou. Que você nunca será minha, e por isso terei você para sempre. Você foi a esperança dos meus dias de solidão, a angústia dos meus momentos de dúvida, a certeza dos meus instantes de fé.

“Porque eu sabia que minha outra parte ia chegar um dia, me dediquei a aprender a tradição do Sol. Apenas por ter a certeza de sua existência é que continuei existindo”.

Queria dedicar a uma pessoa especial na minha vida que talvez ela lendo o texto na sua íntegra possa perceber que o trechinho desse mesmo texto que enviei para ela sintetiza o meu amor simples, mas intenso que sinto por ela e aproveito para recomendar a vocês uma leitura de Brida (Paulo Coelho), vale a pena. 

Abraços e Beijos.

Blog Rio Sul



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

NEWS LETTER